Informe-se
Notícias por atleta:
Gabriel Jesus
Atacante
Idade
20
Peso
kg
Altura
1,75m
Clube atual
Manchester City
Publicado em 31.08.2017 às 00h00
Um ano após estreia na Seleção, Gabriel Jesus celebra evolução

Há quase um ano atrás, Gabriel Jesus realizava um sonho de infância. Titular em seu primeiro jogo com o time principal da Seleção Brasileira, o atacante, então no Palmeiras, foi fundamental para a vitória por 3 a 0 sobre o Equador, na partida que marcou a estreia de Tite e a arrancada da Seleção rumo a classificação antecipada para a Copa do Mundo de 2018.

Agora consolidado no Manchester City, Gabriel Jesus ressaltou o processo de evolução que passou entre o encontro ocorrido contra os equatorianos no ano passado para o da partida desta quinta-feira, às 21h45, na Arena do Grêmio.

- Nada é fácil. Entro em campo com o pensamento de jogar futebol. Por isso muitas vezes as coisas dão certo para mim. Nos treinos no City, por exemplo, procuravam dar a bola em mim para adaptar mais rápido. E fez a diferença na hora do jogo. Não esperava esse processo rápido - declarou.

Os números explicam a efetividade e a naturalidade com que Gabriel Jesus virou incontestável no time de Tite e de Guardiola. Foram oito gols em 14 jogos pela equipe inglesa. Já na Seleção, deixou sua marca em cinco oportunidades (disputou sete jogos). O atacante revelou que todos os técnicos que teve até o momento foram fundamentais para o seu desenvolvimento.

- Sou grato a todos os técnicos com que trabalhei. No Palmeiras o Oswaldo de Oliveira, o Marcelo Oliveira, o Cuca, o Alberto Valetim. O Guardiola é um cara que pega muito no meu pé (risos). A última vez foi porque eu fico triste quando não marco gols, e no treino ele me deu uma bronca por isso (risos). Mas ele me elogia bastante também. Procuro tirar o máximo dessa oportunidade de trabalhar com ele. O Tite a mesma maneira. O ambiente na Seleção é muito bom. E isso é refletido dentro de campo - explicou.

Mesmo com um cenário todo favorável ao Brasil (já classificado para a Copa e atuando em casa), Gabriel Jesus não espera ter moleza diante do Equador, mas acredita em um grande jogo da equipe brasileira.

- Equador é sempre difícil, não tem facilidade. Sempre vem com mais vontade quando é contra a Seleção. O pensamento é só ganhar o jogo e fazer o nosso melhor futebol - afirmou.

A Seleção volta a treinar nesta quarta-feira, em horário que ainda será definido pela CBF, na Arena do Grêmio, local da partida contra o Equador. Caso não faça nenhuma modificação, Tite deve mandar a campo a seguinte escalação: Alisson, Daniel Alves, Marquinhos, Miranda e Marcelo; Casemiro, Paulinho e Renato Augusto; Willian, Neymar e Gabriel Jesus.

O Brasil, já classificado para a Copa de 2018, lidera as Eliminatórias Sul-Americanas com 33 pontos


2014 - Energy Sports  © Todos os direitos reservados